Gonçalo Cadilhe e a Figueira da Foz

É um homem de mar e de lugares com quatro estações. Já correu o mundo quase todo, mas regressa sempre à Figueira da Foz. Diz que é um local “mágico”, onde por vezes há a luz do Sul, noutras ocasiões o nevoeiro do Norte.
Não é monótono, pelo contrário: Gonçalo Cadilhe já fez muitas viagens lá, entre Buarcos, o Cabo Mondego e a serra da Boa Viagem.

a
a
a

ARTIGO DA REVISTA "FUGAS" PARA LER AQUI