Destaque

DESDE FEVEREIRO DE 2013
Porto da Figueira da Foz com presença renovada na web

O Porto da Figueira da Foz (APFF, S.A.) dispõe, desde Fevereiro de 2013, de um novo portal, bastante mais atractivo e funcional.
O portal desdobra-se em três sites independentes, para as versões em português, inglês e espanhol.

Aceda ao novo site aqui

Decidimos manter este site antigo, o que agora visita, na web, para que sirva como um registo histórico da presença do Porto de Aveiro na rede. Site que assume um simbolismo muito especial, atendendo a que marca a presença inaugural do Porto da Figueira da Foz na web.

Porque a História de hoje ultrapassou os muros das bibliotecas, as baias do papel; porque a História do Homem passa cada vez mais pela web, aqui deixamos, para memória futura, o registo dos primeiro passos dados pelo Porto da Figueira da Foz na World Wide Web.


CONCURSO PÚBLICO PARA A EMPREITADA DE DRAGAGEM DE EMERGÊNCIA DA BARRA DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ

Está a decorrer o CONCURSO PÚBLICO PARA A EMPREITADA DE DRAGAGEM DE EMERGÊNCIA DA BARRA DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ que prevê a Dragagem da Barra do Porto às cotas de 8.0 (Z.H.) na zona mais exposta à agitação marítima e6.5 m (Z.H.) no canal interior, necessárias ao pleno funcionamento do Porto, visando garantir condições de navegabilidade e de segurança do mesmo.


DIA 11 DE DEZEMBRO
Hasta Pública para regularização de terreno
Vai realizar-se uma Hasta Pública para regularização de uma parcela de terreno na Morraceira à cota 5 m (Z.H.), com cerca de 32000metros cúbicos de inertes provenientes de dragagens e dos muros de retenção dos mesmos. A Hasta Pública terá lugar na sede da empresa, no dia 11 de dezembro de 2012, pelas 11h00m. O Processo pode ser descarregado aqui.
VENDA DE PAVILHÃO PRÉ-FABRICADO
ANÚNCIO

Faz-se público que, por deliberação do Conselho de Administração da APFF – Administração do Porto da Figueira da Foz, S.A., de 14 de Novembro de 2012, foi determinada a venda de pavilhão pré-fabricado, sito na Doca de Recreio do Porto da Figueira da Foz, incluindo a aquisição da sucata, bem como a remoção e transporte de todos os resíduos da estrutura, devendo as propostas dar entrada, em carta fechada, na sede da empresa, sita na Avenida de Espanha, 3081-901 Figueira da Foz, até às 17h30m do dia 26 de Novembro de 2012.


FÓRUM «O POTENCIAL LOGÍSTICO DA REGIÃO CENTRO E DAS SUAS INFRAESTRUTURAS»
Reportagem fotográfica disponível na web
Já se encontra disponível na web site com a reportagem fotográfica integral do Fórum "O Potencial Logístico da Região Centro e das suas Infraestruturas", que decorreu esta terça-feira na Figueira da Foz e que contou com a presença do Secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro.


Notícias

FIGUEIRA DA FOZ
Extensa língua de areia, E-W. no 4.º norte da embocadura (9.06.1956)

REPORTAGEM FOTOGRÁFICA DISPONÍVEL NA WEB
Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego
Já se encontra disponível, na web, site com a reportagem fotográfica da assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego. 

O acto decorreu na sede da Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF, S.A.), a 6 de Setembro de 2012.
José Luís Cacho, Presidente do Conselho de Administração do Porto da Figueira da Foz; João Ataíde, Presidente da Câmara da Figueira da Foz e Carlos Costa, pela concessionária Atlanticeagle Shipbuilding, proferiram breves intervenções antes da assinatura do contrato.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ
Lugre «José Alberto» em dificuldades - Setembro de 1953


Gonçalo Cadilhe e a Figueira da Foz
É um homem de mar e de lugares com quatro estações. Já correu o mundo quase todo, mas regressa sempre à Figueira da Foz. Diz que é um local “mágico”, onde por vezes há a luz do Sul, noutras ocasiões o nevoeiro do Norte.
Não é monótono, pelo contrário: Gonçalo Cadilhe já fez muitas viagens lá, entre Buarcos, o Cabo Mondego e a serra da Boa Viagem.

CAIS DA MEMÓRIA II - O PORTO E A CIDADE DA FIGUEIRA DA FOZ EM FOTOS DE OUTROS TEMPOS
Segundo vídeo-foto disponível na web
Vemos o formigueiro da lota, o José Alberto a fumegar e muitos outros registos. 158 tomas fotográficas com mimos a acompanhar nas molduras, viagem pela Figueira da Foz de outros tempos, de 15 de Fevereiro de 1941, do seu porto, álbum fechado a 9 de Junho de 1956.
27 DE JUNHO DE 1953
Lançamento às águas do Mondego do arrastão «Almada»
Com a presença do comandante Américo Tomas, ministro da Marinha, acompanhado de altas individualidades ligadas à marinha mercante e aos organismos de pesca, realizaram-se a 27/06/1953, nos Estaleiros Navais do Mondego, no porto da Figueira da Foz, as cerimónias da colocação da quilha na carreira de construção e cravação dos primeiros rebites no navio-motor de pesca à linha CAPITÃO JOSÉ VILARINHO, que se destinava à firma de armadores de pesca do bacalhau, José Maria Vilarinho, de Ílhavo, cerimónia a que procederam o ministro da Marinha e o comandante Tenreiro, e do lançamento á agua do navio-motor de pesca por arrasto ALMADA, encomendado pela Companhia Portuguesa de Pesca, de Lisboa.

FILME DE 1930
Figueira da Foz, Centro de Diversiones y Turismo

Documentário de 1930, dedicado à Figueira da Foz e legendado em castelhano. Filme destinado a promover a panóplia de diversões oferecida pela cidade que, naquela época acolhia milhares de espanhóis.

Produção de “Films Sanmael”, disponibilizado online pela Cinemateca Portuguesa.


VIAJANDO PELA HISTÓRIA - 1972
Estaleiros Navais do Mondego constroem navio para a Mutualista Açoreana
Notícia na primeira página do bi-semanário noticioso, literário e anunciador “O Figueirense”, reportando a cerimónia de assinatura do contrato de construção de um navio para a Mutualista Açoreana, embarcação destinada a efectuar a ligação Ponta Delgada-Lisboa. 

A “carreira” fazia, por vezes, escala em Setúbal e Vila Real de Santo António, realizando, em média, “21 viagens redondas”.

ESTALEIROS NAVAIS DO MONDEGO - 1987
Lançamento à água de atuneiro para exercer a faina nos Açores
Notícia na primeira página do bi-semanário noticioso, literário e anunciador “O Figueirense”, de 9 de Janeiro de 1987, dando conta do lançamento à água de um navio atuneiro destinado a “exercer a sua faina nos Açores”.
DEFENDE NOGUEIRA LEITE
«Modelo da Figueira e de Aveiro devia existir no resto do país»
António Nogueira Leite falou na noite de terça-feira, 28 de Fevereiro, sobre as comunidades portuárias, no Casino Figueira. Abordou os transportes marítimos, o comércio global e os portos.
O vice-presidente da Caixa Geral de Depósitos e professor universitário elogiou o modelo das comunidades portuárias dos dois portos do Centro (com uma única administração). “O modelo de Aveiro e da Figueira da Foz devia existir no resto do país, porque os portos têm de estar ao serviço da economia”, realçou o conferencista.